Análise – One Piece Pirate Warriors 4

51
One Piece

Assim como os jogos anteriores da série, One Piece Pirate Warriors 4 segue o mesmo estilo de jogo conhecido como “Musou”.

Gênero que é muito popular no japão e que  tem como foco enfrentar hordas imensas e quase infinitas de inimigos na tela.

One Piece Pirate Warriors 4A história do jogo faz uma boa adaptação da obra original, compreendendo o arco Alabasta até Wano. Porém ele acaba deixando alguns arcos de fora, como East Blue e Skypiea que poderiam estar no jogo. Uma critica dos fãs foi o fato do arco Wano não utilizar as respectivas roupas do anime no modo história. (Trajes acessíveis no modo livre)

One Piece Pirate Warriors 4

O elenco de personagens tem um número de personagens satisfatório, porém alguns muito queridos como Barba Branca e Shanks acabaram ficando de fora.

Não há críticas quanto ao combate do jogo, é uma evolução natural da franquia, e acaba sendo bem sólido, contudo, pode acabar se tornando repetitivo para as pessoas não muito familiarizadas com esse gênero.

One Piece Pirate Warriors 4

Existe um sistema de RPG no jogo, permitindo a possibilidade de aumentar atributos e ao mesmo tempo desbloquear habilidades conhecidas do anime.

Os gráficos e a trilha sonora não decepcionam, e conseguem sem dúvida captar muito bem a essência do anime, seja em momentos de ação, ou até mesmo de partes tristes.

Por fim o jogo One Piece Pirate Warriors já é de fato um sucesso de vendas, somando apenas no Japão mais de 200 mil cópias e ocupando o sexto lugar no Ranking de jogos mais vendidos dentro do país. O que deve garantir bastante conteúdo extra para o jogo.

Distribuidora: Bandai Namco Entertainment

Desenvolvedora: Koei Tecmo

Plataformas Disponíveis: PS4, Xbox One, PC e Nintendo Switch